segunda-feira, 2 de setembro de 2013

Desintoxicando a mente

Eu tenho paixão por blogs. Muito mais que escrever, gosto de ler. Gosto de saber do ponto de vista e das reflexões alheias. De descobrir as ferramentas e as formas que cada um usa. E confesso, de saber da vida alheia também.

Mas percebi que a leitura dos meus feeds estava tomando um tempo significativo do meu dia. Mais até, estava ficando chateada quando não podia ler um post novo. Estava conferindo no celular se havia atualização constantemente.
Lia até o que nem me era interessante, vai que no meio do texto tem aquela frase que ilumina? E se eu estiver perdendo algo só porque o título não me chamou a atenção?

Pensando dessa forma ia sobrecarregando meu cérebro de informações que nem me eram relevantes. Me "alimentando" muito além da minha "fome" intoxiquei minha mente que não dava conta de digerir tantas ideias.

E o que era para ser prazer virou incômodo. O que era relaxamento se tornou obssessão.

Desde quarta parei de ver os feeds obsessivamente. Decidir isso não foi fácil, era uma ideia que vinha há algum tempo e confesso novamente, tinha medo. Medo do vazio. Mas depois de decidida e de passado os primeiros impulsos para ver as atualizações: Uau! Que liberdade. Tem espaço na minha mente para os meus próprios pensamentos.

Hoje voltei a ler, acabei me empolgando de novo e lendo demais. É, a sensação é ruim. Uma indigestão de informação.

Quero agora encontrar um meio termo. Definir uma forma tranquila de ler os blogs, aprender a ignorar os que não me interessam.

E continuo tentando desintoxicar... a vida!

5 comentários:

  1. Durante muito tempo tive esse problemas mas com revistas. Não queria deitar fora porque ainda não tinha lido tudo, porque poderia haver uma frase ou um artigo que queria guardar, porque talvez gostasse de lê-la mais tarde... Enfim, foi uma luta para deitar umas centenas de revistas fora!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não tinha pensado dessa forma, mas acho que você me deu a luz. Preciso mesmo é diminuir o número de blogs que sigo. Nem são tantos, mas alguns estão só para não ficar vazio quando acabo os posts que gosto.

      Obrigada, Sara!

      Excluir
  2. É minha dificuldade também, Rô. Achar esse equilíbrio é complicado. Eu também leio muita coisa, mas não queria simplesmente parar de ler. Só que eu fico com esse medo de estar perdendo alguma coisa super importante e iluminadora. Mas acho que não tem jeito. Vamos ter que escolher mais mesmo :/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não consegui parar! rsrs... mas estou aprendendo a escolher mais. Em último caso, vou ter de parar mesmo, até encontrar o equilíbrio e ir voltando aos poucos!

      Excluir
  3. Estamos no mesmo barco! No meu caso é mais relacionado à atualizações de blogs que eu sigo no face, já tirei alguns da minha timeline! hehe

    Já ouviu falar da síndrome FOMO- Fear of missing out, em Inglês? Trata-se do medo de estar perdendo alguma coisa.Serve para eventos sociais, em geral, qdo os amigos postam a foto do show incrível/ da festa incrível/ das férias incríveis....qdo sua opção foi outra! Mas creio que isso pode se adaptar tb, claro, ao que decidimos ler.E qdo o amigo posta a música sensacional, o vídeo de palestra imperdível, o artigo que "todo mundo precisa ler"? hehe Inferno define! rs Mas podemos e vamos sair dessa! hehe Nem que seja afimando..."só por hoje!"hahaha

    ResponderExcluir