sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Auto-observação

Do Pinterest. @Silvia Iaconisi 



Um hábito que aprendi e tem feito muita diferença a longo prazo é o da auto-observação.Ele é tão simples que acabamos ignorando o seu valor.

Foi esse hábito que me trouxe melhorias significativas nas áreas mais diversas: maternidade, alimentação, saúde... E melhorou muito minha consciência no geral: corporal, mental, emocional, alimentar!

Um bom exemplo foi o bruxismo/briquismo. Eu tinha muitas dores por manter o maxilar tensionado a maior parte do tempo. Acordava com dores de cabeça e na face porque dormindo era ainda pior. Foi em uma aula de ioga que a instrutora chamou a atenção para essa área durante o relaxamento e pela primeiro vez, de forma consciente, relaxei o maxilar.

Depois disso, foi a observação, sempre que eu me lembrava, iniciava o processo: parava, observava meu maxilar e o relaxava.
Os primeiros efeitos vieram durante o dia, e depois de intensificar a observação diária, a noite o problema diminuiu drásticamente.

Como praticar
Sempre que estiver de bobeira leve a atenção para o corpo. Observe apenas, tente não alterar nada, só sentir como está tudo. Chame a atenção a cada parte do corpo.
Como seus dedos do pé estão? Algum incômodo neles? E vá indo de área a área. Você pode começar por partes maiores (pé, perna, área genital, braços, mãos, pescoço e cabeça) e conforme a prática ir detalhando mais.

Depois de observar o corpo, passe para os pensamentos. Até que se acalmem um pouco.

E por fim, aos sentimentos. Você se sente bem? Algum sentimento confuso? De onde ele vem?

Basicamente é isso, mas você pode estender para tudo. Alguns exemplos:

- Observar-se enquanto trabalha. Como fica sua postura? O que você pensa? Como se sente?

- Durante as refeições. As mesmas perguntas anteriores e também como meu corpo reage a determinado alimento. Coma prestando atenção, pense no caminho que a comida está fazendo.  e espere alguns minutos para sentir os efeitos.

- quando está bravo
- com sono, com fome, cansado, estressado
- conversando com alguém
- lendo esse post ;-) é. Como você está agora?
- ouvindo música
- Apreciando arte
- fazendo sexo

As possibilidades são infinitas! Observe-se e conheça a si mesmo!
Depois disso fica mais fácil mudar algo que não goste (ou menos difícil). 


Ferramenta poderosa para pessoas como nós acostumadas ão piloto automático em tudo.

Tão simples que você nem se interessou né?

PS: Esse post estava escrito faz um tempo e semana passada recebi esse link de uma amiga eutonista. Um programa da CBN com uma entrevista sobre Eutonia. Fez tanto sentido para mim! http://cbn.globoradio.globo.com/programas/caminhos-alternativos/2013/08/17/EUTONIA-A-CURA-DO-CORPO-E-DA-CONSCIENCIA.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário